Casal perde filho e decide adotar bebê com necessidades especiais


PUBLICIDADE
Essa história é muito bonita

O momento em que a mulher descobre a gravidez pode ter muita felicidade, mas também pode ter ansiedade ou até medo de ganhar uma responsabilidade desse tamanho. Mas quando a mulher dá a luz, esse certamente será um instante de extrema alegria.

E foi exatamente assim com Katie e Josh Butler. O casal estava muito feliz quando ela descobriu a gravidez e não podiam esconder isso de ninguém. Mas quando ela atingiu 20 semanas de gravidez, os médicos disseram a ela que o filho teria uma doença genética, a translocação dos cromossomos 6 e 10.

PUBLICIDADE

Apesar dos problemas, a felicidade era muito grande. Afinal, os dois só queriam ser pais. Infelizmente, as piores notícias estavam por vir. O bebê nasceu quando Katie completou 39 semanas de gravidez. E por conta do problema, ele teve que fazer diversas cirurgias. E depois de algum tempo, o pequenino bebê não resistiu e faleceu.

O momento era muito triste, mas o casal foi capaz de uma atitude surpreendente e admirável.

Depois da perda, o casal estava muito triste, já que o desejo de ter um filho era muito grande. E os médicos, sabendo disso, disseram para Katie e Josh que um bebê prematuro e com dificuldades para respirar estava sozinho no mundo e precisava de uma família.

Este momento foi muito marcante para o casal. Eles decidiram adotar e conseguiram finalizar o processo. “Braxel está cheio de alegria. Nós acreditamos que ele sabe todos os dias que é nosso presente”, conta Katie, emocionada.

Desejamos sucesso para esta família.

Fotos: Reprodução Internet

Fonte: Pais e filhos

POSTS PATROCINADOS