Cão e gato são melhores amigos e as fotos de suas viagens mostram como essa amizade é forte


PUBLICIDADE

Henry e Cynthia Bennett sempre quiseram adotar um cão. Quando o casal foi a um evento de adoção em 2014, Cynthia tinha em mente adotar uma mistura de golden retriever. Mas então ela viu Henry.

Ele tinha apenas 14 semanas de vida, mas já era cinco vezes maior do que os outros cães da mesma idade. “Nós olhamos ao redor e Henry estava sentado lá. Eles disseram que ele tinha apenas 3 meses e meio de vida, mas que ele era cerca de cinco vezes maior do que os outros cachorros de 3 meses e meio. E ele tinha essas longas pernas, e o tipo de corpo de um lobo”, disse.

PUBLICIDADE

Quando ela entrou no canil, pegou Henry no colo o soube imediatamente que ela era único. “Ele apenas se aconchegou no meu colo e levantou-se e deitou a cabeça no meu braço. E a partir de então, eu decidi que ele voltaria para casa com a gente”, conta Cynthia emocionada.

Ela e o namorado adoram viajar e se mudaram especificamente para o Colorado, nos EUA, para que pudessem ter aventuras ao ar livre nos finais de semana. Então, ficaram encantados ao descobrir que Henry gostava de se aventurar com eles. “Eu acho que nós só o tínhamos a três dias, quando o levamos à nossa primeira caminhada, que foi para Garden of the Gods em Colorado Springs. Ele encontrou a rocha mais íngreme e mais alta ao redor, e correu até o topo para olhar a paisagem”, disse.
Novo membro da família

Mas então, há alguns meses, Cynthia e o namorado decidiram estender sua família. “Eu realmente queria um gatinho resgatado. Eu procurei por cinco meses, e eu vi vários gatinhos diferentes, mas nenhum deles realmente tinha a personalidade ou o jeito certo. Eu sabia que queria levá-lo a qualquer lugar: acampamento, caminhadas”.

No entanto, certo dia, ela finalmente encontrou uma gatinha chamada Baloo em um abrigo local. Assim como Henry, Baloo também se juntou a Cynthia em sua primeira aventura. Mas era Henry quem Baloo parecia amar mais. A gatinha foi apresentada ao cão e o adorou à primeira vista.  Tudo o que ela queria era brincar e se aconchegar nele. Não só isso, mas Baloo se recusou a ficar para trás quando Henry saiu para uma caminhada.

“Se eu coloco a coleira em Henry, [Baloo] começará a gritar na porta”, disse. Observando como Baloo gostava de sair ao ar livre, Cynthia começou a treiná-la, mas isso acabou sendo algo natural para a gata.

“Eu recebo muitas perguntas sobre como nos acostumamos com isso. Mas ela realmente o ama”, disse. “Eu acho que ela pensa que é mais um cão do que qualquer outra coisa.”

Eles realmente possuem uma mor lindo de irmãos e, com certeza, muitas mais aventuras estão por vir.

POSTS PATROCINADOS