Cantora Joelma se emociona ao lembrar violência doméstica cometida pelo pai alcoólatra


Joelma se emociona ao relembrar infância difícil
PUBLICIDADE

No dia 8 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher. E atualmente a discussão pelos direitos das mulheres e a luta contra o abuso sexual e o feminicídio estão cada vez mais em pauta. Elas estão ganhando mais voz, mas ainda há muito a conquistar. Essa data é importante para levantar ainda mais o assunto e deixá-lo em evidência.

A cantora paraense Joelma, em parceria com a autora, Marília Mendonça, lança uma música chamada “Perdeu a razão”, amanhã, 8. Ela comentou em suas redes sociais o quanto a canção significa e como a fez lembrar de momentos ruins de sua infância: “Ela me faz lembrar da minha infância, aqueles 10% que não foram bons. Quando fui colocar a voz, eu chorava quando chegava justamente nesses 10%. Eu desabava”.

PUBLICIDADE

Cantora Joelma chora ao relembrar infância difícil

Agressão contra a mãe:

Em outros momentos, já contou que seu pai, o garimpeiro José Benhum Mendes, era alcoólatra. Dessa vez, ela desabafou e disse que ele espancava a mãe, Maria Nazaré Mendes, quando chegava embriagado: “Minha mãe costurava com lamparina até 2h da manhã para conseguir entregar a roupa. Ela ia dormir lá pelas 3h da manhã. Meu pai chegava embriagado e espancava ela”, relata.

Confira o desabafo:

Segundo Joelma, é justamente na mãe e na história dela que encontra forças. O caso que ela presenciou em casa provavelmente se repetiu diversas vezes e é a realidade de muitas mulheres Brasil e mundo afora. É importante falar sobre a violência doméstica, denunciar e lutar contra essas agressões!

Foto: Reprodução/ Instagram

Fonte: Extra

POSTS PATROCINADOS