PUBLICIDADE

Os defensores dos animais condenam a extração e venda do couro, pois esse processo acabará com a vida de um animal em prol apenas da beleza. Pensando nisso, uma empresa norte-americana chamada Modern Meadow está criando uma técnica que promete revolucionar o mundo da moda e proteger a vida de milhares de animais.

A ideia é criar couro de qualidade em laboratório a partir da manipulação genética de um fungo. Com isso, uma proteína muito semelhante a encontrada no colágeno das vacas seria feita através de alguns processos como tingimento e curtimento.

Tudo isso não seria benéfico apenas para os animais, mas também para os consumidores, pois eles garantem que o couro "artificial" seria fabricado do tamanho ideal e não teria nem manchas e nem cicatrizes, além de uma boa consistência.

A marca Modern Meadows conseguiu arrecadar cerca de 50 milhões de dólares para as suas pesquisas e garante que em pouco tempo o "novo couro" será usado em indústrias automobilísticas, imobiliárias e na moda.

A primeira vez que o público poderá ver o novo material será no dia 1 de outubro, no Museu de Arte Moderna, em Nova Iorque.

Fotos: Reprodução Internet

PUBLICIDADE