Prestes a serem eletrocutados, 90 cães são salvos antes de virarem carne para restaurantes


Cães são resgatados na Coreia do Sul
PUBLICIDADE

Enquanto os olhos do mundo estão voltados à Coreia do Sul por causa dos Jogos Olímpicos de Inverno, uma triste realidade envolvendo cães se esconde pelo país.

Os sul-coreanos acreditam que a sopa de carne de cachorro é um alimento saudável e nutritivo, e por mais que muitos condados tenham proibido que o animal seja servido em restaurantes, não é tão simples alterar um hábito cultural de uma hora para outra.

PUBLICIDADE

A Humane Society International (HSI) fechou recentemente uma fazendo de carne canina na Coreia. O esforço salvou a vida de 90 cães.

No local, os cachorros eram submetidos a um processo de criação cruel em um ambiente insalubre. E assim que atingiam o tamanho ideal, eram eletrocutados antes de terem a carne retirada.

A entidade relata que nos tempos atuais o consumo da carne dos cães não é uma prática tão difundida quanto já foi antes no país, no entanto em média 2,5 milhões de cachorros ainda são abatidos anualmente.

Por mais que no ocidente tal prática seja abominável, são vários os países que fazem dos cães parte da alimentação. No Vietnã, são vários os pratos. Em Burkina Faso, na África, o cão é uma iguaria cultural. E na China, o animal é referido como “carneiro da terra” e também faz parte de várias receitas.

Fonte: Liftable

POSTS PATROCINADOS