PUBLICIDADE

É tão bom encontrar casos em que pessoas simplesmente ajudam as outras seja qualquer dificuldade... Por quê simplesmente algumas pessoas não conseguem agir com integridade? Mas acredite, não são todas.

Rosangela Aparecida Borges teve uma atitude simples, mas digna de ser contada. Ela havia saído para pagar uma conta na lotérica do interior de São Paulo, quando encontrou no chão uma conta de IPVA com o dinheiro para ser paga. O boleto pertencia à Leandra Aparecida de Souza que provavelmente havia perdido.

Então, sem pensar duas vezes, deu uma mãozinha à Leandra e pagou o boleto perdido. Além disso, postou em seu Facebook a foto da conta e um pedido para encontrar a dona e ainda devolver os dois reais de troco.

A campanha na rede social deu certo e as duas se encontraram. Então Leandra explica o que aconteceu: “Cheguei no meu serviço e quando fui pegar na minha cintura não achei. Não estava lá e na hora eu não xinguei e nem nada, só pedi [ajuda] pra Deus porque eu não tinha de onde tirar [o dinheiro]”.

Mas Rosangela se sente surpresa com o seu próprio ato: “Não fiz mais que minha obrigação. Não era meu, era dela o dinheiro, era daquele boleto. Eu só fiz o favor de ir lá e pagar pra ela. Eu acho que não fiz nada demais e até estou surpresa com a repercussão porque não me custou nada. Minha consciência está tranquila”.

O mais curioso é que Rosangela também possui um carro e ainda não pagou seu IPVA por não ter condições de pagar a dívida. Mas, em vez de usar como benefício próprio o dinheiro achado, decidiu fazer o certo e pagar aquilo que já era destinado.

Após o caso, as duas se tornaram boas amigas. Uma amizade regada de humildade e companheirismo.

Fotos: Reprodução / EPTV

PUBLICIDADE