Bebê é abandonada dentro de bolsa. Até que veem o bilhete que a mãe havia deixado


PUBLICIDADE

O que você faria se encontrasse um bebê abandonado em uma mochila, logo perto de sua casa? Difícil, não é mesmo? Além de ser uma situação chocante ver um pequeno ser deixado assim.

Foi exatamente isso o que aconteceu com o irmão de Ana Paula Augusto, de 27 anos, em Penápolis, interior de São Paulo. Ontem pela manhã, o moço encontrou a criança em uma bolsa de carregar chuteiras perto de sua casa, ainda com o cordão umbilical e o mais curioso, com um bilhete da mãe, não assinado.

PUBLICIDADE

Ele então levou a menina para Ana Paula, que entrou em contato com os bombeiros – ela falou ao site de notícias UOL sobre o momento em que a viu:

“Estava enrolada em uma camiseta regata, um moletom e dentro de uma bolsa de carregar chuteira”.

Ainda de acordo com ela, uma vizinha que está amamentando percebeu o que estava acontecendo e foi até sua casa ajudar e alimentou a pequena, que parecia estar com muita fome. Segundo Ana, o bebê foi encontrado a cerca de 30 metros de sua casa, em frente à outra residência e ela acredita que a dona do local, que já foi visitada pela Policia, já tivesse saído para trabalhar quando a criança foi deixada lá. Já o bilhete dizia:

Bilhete da mãe
Bilhete deixado pela mãe

“Olá, queria que vocês cuidassem da minha filha, pois não tenho condições de cuidar dela pois não tenho família e nem uma casa. Ela se chama Yasmin, por favor cuide bem dela.”

De acordo com o Corpo de Bombeiros, Yasmin, de 44 centímetros e 2,3 quilos, nasceu com 39 semanas. Agora, levada para o Santa Casa de Penápolis, ela passa bem e será encaminhada para o conselho tutelar e caso os responsáveis não apareçam, será entregue para adoção.

As investigações do caso começaram e se a mãe for encontrada poderá responder por abandono de incapaz. Ana finaliza falando sobre o susto que levou ao ver a pequena naquele estado e como foi entregá-la para os agentes: “Só consegui chorar depois que ela se foi. Até gostaria de adotá-la… Eu que sempre quis ser mãe. Mas também não temos condições de criar.”

Atualização do caso da bebê: No dia 9 de outubro, a Polícia Civil identificou a mãe da menina abandonada: ela tem 38 anos e mora em Guarapari (ES). De acordo com a polícia, ela foi para Penápolis escondida para encontrar sua mãe biológica e acabou dando à luz no local e abandonando a criança. Eles ainda alegam que a mulher sofre de distúrbios mentais, o que explicaria o abandono. A justiça ainda decidirá com quem ficará a custódia da bebê e se a sua mãe será indiciada por abandono de incapaz.

Foto: Reprodução/ Corpo de Bombeiros/ TV TEM

Fonte: G1

POSTS PATROCINADOS