Bebê de apenas 8 meses perdeu a vida por causa de um erro que todos os pais deveriam saber


Bebê de apenas oito meses contrai doença comum e acaba perdendo a vida.
PUBLICIDADE

Quando uma mulher descobre que está grávida, parece que algo realmente único aflora dentro dela. Uma mistura de emoções e sentimentos explodem dentro de seu coração. E quando o bebê nasce as mães costumam fazer de tudo para que eles cresçam e se desenvolvam sem nenhum problema.

Infelizmente há crianças que acabam tendo suas vidas interrompidas quando uma doença as atingem. Esse é o caso de um bebê de apenas oito meses. Uma doença fez com que os pais mal tivessem a oportunidade de ver o filho crescer.

PUBLICIDADE

Sofrendo com uma doença rara, o pequeno Harry Done não resistiu aos danos causados por uma meningite. Infelizmente o diagnóstico tardio foi preponderante para a vida do pequeno garoto. Ele morreu após um dia da descoberta da doença. Os médicos acreditavam se tratar de uma gripe devido os sintomas apresentados, até que uma septicemia mostrou que se tratava de algo bem mais sério.

O corpo do bebê ficou tão inchado que duplicava sua forma original. Seus membros começaram a ficar roxos por causa da contaminação no sangue. A descoberta de um lesão cerebral só piorou o quadro. O estado do bebê era tão crítico que ele dependia de aparelhos para sobreviver.

Harry acabou falecendo após um dia da descoberta da doença avassaladora.

O sofrimento do filho fez com que os pais Louise e John tivessem que tomar a pior decisão da vida deles. Desligar os aparelhos que o mantinham vivo para que ele parasse de sofrer. O casal decidiu chamar um sacerdote para que ele realizasse o uma benção especial para Harry. Cercado de amigos e pessoas que o amavam muito, ele foi para o céu.

O que mais causou revolta é que isso poderia ser prevenido se  não fosse pela decisão do Ministério da Saúde do Reino Unido de prolongar o tempo para receber a vacina contra a meningite. Isso faz com que muitas crianças com menos de um ano sofram graves conseqüências quando contraem a bactéria.

Alerta aos pais

O caso serve de alerta para muitos pais que não se preocupam e vacinar logo seus filhos. Isso os deixa vulneráveis a muitas bactérias e vírus, que em adultos podem não ser nada, porém nas crianças se torna mortais.

Os próprios pais de Harry decidiram compartilhar suas fotos nas redes sociais como uma forma de alerta. “A razão pela qual publicamos as fotos é porque as pessoas não percebem o quanto a meningite pode ser brutal“, diz Louise. Acrescentando que é uma doença muito difícil de ser reconhecida e que destrói a vida da pessoa em pouco tempo. 

Fonte: Viralistas 

 

POSTS PATROCINADOS