Ave que nasceu em 1951 se torna a mais velha do mundo e vira mãe pela quadragésima vez


PUBLICIDADE
Ave mais velha do mundo já registrada continua botando ovos

Já conhecemos aqui o tubarão mais velho do mundo. Animais assim ultrapassam o conhecimento humano com a natureza, já que muitos têm uma expectativa de vida, que nem sempre é levada em conta pelas próprias espécies. Ou seja, elas vivem mais do que podemos imaginar.

Um exemplo disso é uma ave albatroz-de-laysan nomeada de Wisdom (sabedoria, em português). A espécie tem a expectativa de vida de 50 anos, entretanto, Wisdom já vive há 67 anos. Mas não só isso: a ave segue botando ovos e aumentando ainda mais o número de sua espécie.

PUBLICIDADE

“Não temos precedentes de aves de 67 anos que continuam reproduzindo”, afirmou Kate Toniolo, funcionária do Monumento Nacional Marinho de Papahānaumokuākea, nos Estados Unidos, ao National Geographic.

Wisdom com um de seus 39° filhotes

É exatamente no Monumento Nacional Marinho que Wisdom sempre retorna para botar e chocar seus ovos. A vida dessa ave tão especial é acompanhada por biólogos e cientistas desde 1956, ano em que ela recebeu uma tag de identificação.

Naquele ano, constataram que ela teria cerca de seis anos, mesmo sendo uma tarefa difícil julgar a idade de pássaros. Após ganhar a tag, Wisdom fez a segunda aparição apenas em 2002, quando ganhou outra identificação. Desde o dia que reapareceu, ela retorna anualmente ao Monumento Nacional Marinho com outros albatrozes para seus respectivos ninhos.

Wisdom e seu parceiro, Akeakamai
A história de Wisdom

Desde 2006, a ave choca um pintinho a cada ano. Além disso, foi em dezembro de 2017 que ela foi avistada com seu parceiro, Akeakamai, cuidando de um ovo em seu ninho e buscando por alimento. Geralmente, as albatroz demoram entre 60 e 64 dias para chocar seus ovos, sendo assim, o novo filhote deve nascer no meio de fevereiro. O novo pintinho deverá ser o 40º filhote de Wisdom.

Entretanto, se você ainda está achando a história um pouco estranha, saiba que o que acontece é bem possível. Os albatrozes não têm menopausa, por isso, a reprodução de Wisdom é algo ainda considerado “normal”.

Wisdom e seu novo ovo

Fonte: Revista Galileu

POSTS PATROCINADOS