Após 90 anos, marca escolhe primeiro bebê com Síndrome de Down para estrelar suas campanhas


Bebê com Síndrome de Down vira rosto de marca famosa
PUBLICIDADE

Em maio do ano passado, a gigante Johnson’s Brasil lançou sua primeira campanha de Dia das Mães com um bebê com Síndrome de Down. Essa semana, a decisão de outra marca chamou a atenção: os potinhos de papinha da Gerber, famosa nos Estados Unidos, escolheu pela primeira vez um bebê também com Down para estampar seus produtos.

Há 91 anos, há um concurso, promovido pela marca, para escolher o rosto de um bebê fofo que vai nos seus potes. Agora, a proposta era outra: escolher uma nova criança que transmitisse os valores da Gerber e acima de tudo, cativasse os consumidores. O comunicado foi feito nas redes sociais esse ano e o resultado foi instantâneo.

PUBLICIDADE

 

Escolha importante para pessoas com Síndrome de Down:

Foram mais de 140 mil imagens enviadas por pais empolgados para ver seus bebês participando da campanha. O escolhido foi Lucas Warren, da Geórgia, nos Estados Unidos, que contagiou os executivos da empresa e todo mundo com seu sorriso. Impossível não se apaixonar à primeira vista por esse pequeno.

Bill Partyka, CEO e presidente da Gerber, falou ao Grupo de Comunicação Milenio:

“A foto de Lucas cativou os corações do time da Gerber. Todos os anos, escolhemos um bebê que melhor exemplifique a tradição de reconhecer que cada bebê é um bebê Gerber”. Já o pai de Lucas, Jason Warren, viu a escolha como uma oportunidade. Ele acredita que é uma forma de ajudar as pessoas com Síndrome de Down a serem aceitas e que as pessoas se voltem mais para suas necessidades.

Lucas também ganhou cerca de 50 mil dólares, que será usado em sua educação. É muito bacana ver as marcas entendendo seus clientes e se abrindo para um novo mundo, de inclusão e aceitação.

Foto: Reprodução/ Internet/ Instagram

Fonte: Vix

POSTS PATROCINADOS