PUBLICIDADE

O que você faria em uma situação como essa? O desespero bate, mas você tem que se manter no controle caso não queira que algo pior aconteça, certo?!

Pelo menos foi assim que a administradora de 34 anos lidou com o problema. Tudo aconteceu quando estava dirigindo por volta das 21h da noite, na Avenida Visconde de Albuquerque, no bairro da Madalena, em Recife. De repente, enquanto andava a 40km/h, alguém do veículo ao lado, segundo ela, jogou um balde do que parecia ser um tipo de lama.

''Eu já havia ouvido relatos de ações semelhantes e, na hora, fiquei achando que fizeram isso para que eu parasse o carro. Achei que poderiam me assaltar e acabei seguindo em frente. Ultrapassei um sinal amarelo e não acionei o limpador para não dificultar, ainda mais, a minha visão", disse a administradora "Estava ruim, mas dava para dirigir. Se eu acionasse o limpador, poderia ter sido pior."

Ela chegou a dirigir por mais cinco minutos até conseguir parar o carro em um lugar seguro. E foi aí que percebeu: não era lama, mas sim leite condensado. ''Era uma grande quantidade e ficou todo melado, todo gosmento", contou.

Logo, preocupada com o ocorrido, a mulher chegou a publicar o alerta nas redes sociais, sem imaginar na repercussão que teria. Foram mais de 15 mil pessoas compartilhando a postagem.

No momento, infelizmente, ela não chegou a procurar uma delegacia. "Quis logo chegar em casa e entender toda aquela situação. A ficha foi caindo aos poucos. Apesar do susto, não aconteceu nada comigo. Não é boato e não foi lenda urbana. A gente acha que é brincadeira até que acontece com a gente", relatou.

Agora, os policias já estão de olho nesse tipo de ataque e o comissário Helivaldo Sodré, da Delegacia do Cordeiro, já informou que, por enquanto, a delegacia não registrou nenhuma ocorrência acerca disso, porém está de olho em quaisquer alterações.

Melhor ficar em alerta, não?!

Fotos: Divulgação.

PUBLICIDADE