Outros cães ignoraram cadela com síndrome rara e o único que não a deixou foi esse burrinho


PUBLICIDADE

A amizade é uma das relações mais lindas que um ser humano pode ter. Mas calma, não apenas os seres humanos. Os animais também sentem carinho e merecem mais do que ninguém ter uma amizade, já que são tão fiéis. Entretanto, você já teve ou tem um amigo bem diferente de você? Às vezes, essa é a graça, não é? Ter alguém com experiências de vida distintas do que você está acostumado. Assim, ambos aprendem muita coisa juntos.

Mas hoje vou te contar a história de Kolima. Ela é uma cadelinha que sofreu bastante em determinado momento da sua vida. Ela vive com a Síndrome de Wobbler, uma doença relacionada à compressão espinhal aguda.

PUBLICIDADE

Sendo assim, cães que vivem com esse problema andam com a cabeça abaixa, devido a dor que sentem. Talvez pela sua “diferença”, Kolima foi rejeitada por sua própria ninhada e passou a viver sozinha. Até ela conhecer Paolo.

amizade burro e cão

Paolo poderia ser um cachorro, assim como Kolima, mas é bem diferente disso: ele é um burrinho… E muito inteligente! O burro acolheu a cadelinha como se fosse sua irmã e mostrou que amigos podem, sim, serem muito diferentes um do outro.

Os dois se conheceram na organização Pets With Disabilities, com sede em Maryland, nos EUA. O local abriga e reabilita cães com situações semelhantes à de Kolima. Alguns são cegos, outros são surdos, alguns estão em cadeiras de rodas e tem aqueles com apenas três patas.

amizade burro e cão

O próprio site deles afirma que apesar de doentes, “seus espíritos não estão quebrados”. Ou seja, eles são totalmente capazes de amar. A prova disso são os dois novos melhores amigos inseparáveis: Kolima e Paolo. Quer conhecê-los melhor? Então dá só uma olhada nesse vídeo:

Melhores amigos para sempre!

 

Fonte: Liftable

POSTS PATROCINADOS