11 comidas famosas descobertas acidentalmente


PUBLICIDADE

Acho que todo mundo já se perguntou isso, não? Como afinal certos alimentos foram criados? Tipo, a batata chips ou os sanduíches, por exemplo. Você imagina?

Bem, não precisa imaginar não. A gente te conta.

PUBLICIDADE

Preparados?

1. As batatas chips foram criadas como um “protesto”

Sim, você com certeza as ama e o tanto que elas arrecadam por ano é simplesmente assustador. Mas, afinal, como elas surgiram? Bem, pelo jeito, em um restaurante em 1853, o chef George Crum, estava frustrado, porque um cliente mandava suas batatas de volta repetidas vezes, reclamando que estavam encharcadas e grossas.

Então, para devolvê-las à cliente, o chef as cortou o mais fino possível, fritou-as e as cobriu com sal. Para a surpresa dele, a cliente adorou a nova versão e contou a todos sobre as batatas finas e crocantes. Logo, com uma demanda muito grande, o chef até abriu um novo restaurante, o “Crumbs House”.

2. A casquinha de sorvete surgiu como inspiração de último minuto

O sorvete já era bastante popular muito antes da casquinha surgir. Na verdade, o sorvete era tão popular que um dia em 1904, na Feira Mundial de St. Louis, um fornecedor ficou sem os potinhos para servi-los.

Hamwri, um sírio, que vendia uma massa crocante de waffle na cabine ao lado, rapidamente enrolou seu produto e o entregou para o fornecedor de sorvete. O público preferiu a casquinha de waffle do que os potinhos e em 1910, Hamwri fundou sua própria companhia de casquinhas. Sensacional, não?

3. O Café foi descoberto por bodes

Não, não estamos loucos. Na verdade, há uma lenda que diz que o primeiro a experimentar os efeitos mágicos do café foi um bode. Um dia, cem anos atrás, Kaldi, um cabreiro da Etiópia, percebeu uma mudança no comportamento de seus bodes. Ele percebeu que eles pareciam muito enérgicos e animados, então Kaldi os seguiu.

O problema era que os bodes estavam se alimentando de frutinhas vermelhas e folhas de uma árvore em particular. Foi quando Kaldi decidiu experimentar e deu também para seu monge que estava tendo problemas em ficar acordado durante as preces. Então, eles tiveram a ideia de transformar em uma bebida e os monges adoraram o drinque, por causa de seu efeito e bom gosto.

4. Cookies de chocolate eram para ser somente chocolate


Pois é. Parece loucura. Mas tudo aconteceu quando Ruth Wakefield, dona da TollHouse, ficou sem o chocolate Baker quando ela deveria fazer biscoitos de chocolate para seus clientes. Então, por meio de seus instintos, ela pegou gotas de chocolate Nestlé, achando que elas fossem derreter e se misturar à massa de cookie.

Bem, podemos agora agradecer que deu errado, porque então a primeira fornada de cookies de chocolate nasceu. Não demorou até que as pessoas viessem até a loja para conseguir alguns cookies. A Nestlé abraçou o envolvimento no feliz acidente e colocou variações da receita de Ruth em seus pacotes por anos.

5. A limonada cor-de-rosa surgiu da roupa suja

Sabe aquela que vende nos Estados Unidos? Você não imagina como ela foi inventada. Bem, diz a lenda que um dia, em 1857, Pete Conklin, um vendedor que tinha uma tenda no circo, ficou sem água para a limonada. Determinado a continuar vendendo, Peter desesperadamente procurou pelo circo inteiro em busca de água.

Foi aí que ele viu um piloto de costas nuas, que havia acabado de lavar suas calças vermelhas em um balde. Assim que Peter viu o líquido rosa, imediatamente criou a “limonada de morango” e vendeu aos clientes.

6. O sanduíche foi criado por um jogador compulsivo

Existe comida mais fácil do que essa? Você pode comer enquanto está andando, durante uma leitura, no trabalho, etc. Mas como ele foi inventado?

Bom, para os curiosos de plantão, o sanduíche surgiu em 1762 quando John Montagu estava em um intenso jogo de azar e não podia deixar o jogo para comer. Então, ele falou para seu cozinheiro o trazer algo fácil de comer sem que tivesse que deixar a mesa.

Para a surpresa de todos, o cozinheiro pegou uns pedaços de carne e colocou entre dois pedaços de pão. Simples assim.

7. Os salgadinhos de queijo já foram lixo

Todo mundo adora essas delícias calóricas. E você deve querer saber como foram inventadas,não?

Bem, em 1930, a Companhia Flakall, em Wisconsin, tinha uma máquina que esmagava grãos para fazer ração para o gado e grãos de milho que eram usados para reduzir o entupimento. Não se sabe como, mas o calor da máquina transformou os grãos de milho, deixando-os inchados enquanto eles saíam dela. Logo, Edward Wilson literalmente pegou esses pedacinhos do chão e adicionou tempero.

Assim, o lixo de uma máquina virou o tesouro de um homem. Agora, mais de 100 companhias diferentes produzem os famosos salgadinhos de queijo.

8. Os picolés foram congelados por acidente

Acho que todo mundo já se perguntou como ele foi inventado, não é mesmo?

Frank Epperson, como qualquer outro menino de 11 anos, amava refrigerante. Infelizmente – ou melhor, felizmente – , em uma noite fria, em 1905, ele deixou seu equipamento de fazer refrigerante na varanda.

Quando a manhã chegou, Frank percebeu que sua mistura tinha congelado, recuperando-o ao pegar no palitinho para retirar o gelo dele. E foi aí que aquilo o atingiu: aquilo era ótimo.

Ele passou cerca de 20 anos fazendo os deleites congelados para seus amigos e logo, para seus filhos também. Finalmente, Frank conseguiu uma patente para os “Pop’s sicles” (picolés), em 1923.

9. Iogurte era apenas leite estragado

Dá para acreditar?

Isso aconteceu na Ásia Central, mais de 8.000 anos atrás, quando os pastores costumavam carregar seu leite dentro do estômago de animais para durar mais. Bizarro.

As enzimas naturais do estômago tiveram um efeito, fermentado o leite, dando-o um gosto azedo. Os pastores continuaram com a prática porque gostavam do gosto, apesar de muitas pessoas consumirem iogurte hoje mais por causa dos benefícios à saúde do que pelo gosto.

10. O primeiro queijo foi assado no deserto

Pois é. Por essa você não esperava.

Séculos atrás, um comerciante árabe fez uma jornada pelo deserto, levando com ele um pouco de leite armazenado em uma bolsa feita a partir de um estômago de um carneiro. O calor do sol do deserto e as enzimas da bolsa coalharam o leite. Quando ele comeu, adorou.

Assim, o queijo viajou para todos os lugares do mundo com a sua demanda apenas aumentando.

Hoje, mais de dois bilhões de libras de queijo são vendidos todos os anos.

11. Cerveja era para ser pão

Se não fosse pelo azar dos mesopotâmios há mais de 3,000 anos, nós não poderíamos curtir nossa cerveja favorita hoje. Que bom que deu errado.

No começo, eles odiaram quando os grãos, que tinham sido armazenados para produzir pão, tornaram-se úmidos fazendo com que os grãos fermentassem e virassem líquido. Mas por que se contentar com pão se você pode ter cerveja?

Hoje, a cerveja é a bebida alcoólica mais consumida no mundo.

E aí? O que você achou disso?

Fotos: stux/Pixabay/CC0 1.0,Freebase/GNU Free Documentation License/ Ranker, grongar/flickr/CC-BY 2.0, ponce_photography/Pixabay/CC0 1.0, Ranker,Freebase/Ranker, revbean/flickr/CC-BY-NC 2.0, ponce_photography/Pixabay/CC0 1.0,Freebase/Ranker/CC-BY-SA-2.0, Freebase/Ranker/Public domain, Freebase/Ranker/GNU Free Documentation License

POSTS PATROCINADOS

Beatriz Ponzio

Jornalista, introspectiva, criativa, sensível, sonhadora, apaixonada por dança e pela vida.